quarta-feira, 31 de maio de 2017

O FIM NÃO É O FIM

O FIM NÃO É O FIM


Sabedoria é perceber que está a vida
Na luz do dia claramente refletida;
Sendo a velhice um momento precioso,
Pois fica o céu, lá no horizonte, mais formoso.

O marinheiro cheio de felicidade,
Já vê as praias da eterna imortalidade;
As ondas já não são tão fortes, agitadas,
Bem pouco falta pra encerrar sua jornada.

E se aparenta o por do sol, certa fraqueza,
Isto não é visto, pois é forte na beleza;
E se em breve chega aqui a escuridão,

Do outro lado abre-se o real portão,
Desta cidade onde a lâmpada é o Cordeiro
A quem amamos, mas que nos amou primeiro.

Gilberto Celeti

“A cidade não precisa nem do sol, nem da lua, para lhe darem claridade, pois a glória de Deus a iluminou, e o Cordeiro é a sua lâmpada” (Apocalipse 21:23)

Outros poemas acesse: https://gilbertoceleti.wordpress.com/

segunda-feira, 22 de maio de 2017

OUVINDO DEUS

OUVINDO DEUS
A vida é mesmo um grande absurdo
A quem para com Deus se mostra surdo,
Embora tenha ouvidos não escuta,
Da direção de Deus jamais desfruta.
E Deus bem se revela, e claramente,
A quem à Sua Palavra é obediente.
Importa, pois, ouvi-lo cada dia,
Amá-lo e servi-lo com alegria.
Importa outras vozes ter caladas,
Que levam-nos em direções erradas;
Importa um compromisso com a verdade,
E num viver em graça e em santidade.
São tantos os barulhos e os ruídos,
Mas é à Tua voz que dou ouvidos;
E Tua voz me leva sempre à cruz...
E Tua voz me diz sempre: Jesus!
Gilberto Celeti
“Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo; a ele ouvi... Então, eles, levantando os olhos, a ninguém viram, senão Jesus” (Mateus 17:5b e 8).
ACESSE O BLOG TEOPOSIA: http://gilbertoceleti.wordpress.com/